domingo, 23 de julho de 2017





O Deputado Tomás da Fonseca troca explicações com o Ministro da Justiça António Macieira relativamente ao clericalismo, na Câmara dos Deputados, na sessão de 22 de Março de 1912


















sábado, 22 de julho de 2017





Duas recordações que me surgiram com a leitura do último número da revista "HISTÓRIA"




































































          Meu Querido Machadinho
      Coimbra 9 de Maio de 1890

   Uma bronchite teimosa tem sido a causa de eu lhe não ter agradecido. Recebi o folheto, que li com profundo interesse pois que veio no momento em que eu acabava de ler as explorações de Wissman e Pogge, a que o folheto largamente se refere. Todavia o livro que eu queria conhecer não era aquele: era a obra do mesmo auctor, em que elle dá conta da sua missão na Lunda, mas, segundo vi no interessante folheto, essa obra ainda não está publicada.
   Li nos jornais que o Vilhena se ia ocupar largamente de Africa; se o meu amigo é das relações d'elle, aconselhe-o a ouvir o auctor do folheto que de certo lhe dará valiosos auxilios para adquirirmos e consolidarmos um dos mais ricos quinhões do continente africano: a região da Lunda, uma das mais ricas e formosas de Africa, em contacto com a provincia de Angola, tendo por visinho a norte e leste o inoffensivo estado do Congo, é uma presa fácil  por ora livre de complicações; digo por ora, porque se nos descuidarmos, os ingleses hão-de penetrar pelo sudeste, e fazem o que fizeram no Nyassa.
   É tambem de importancia capital ocupar o planalto do Bihé e a região que dahi se estende ao alto Zambéze: a empresa para nós é facil e barata, mas se nos descuidamos , perdemos toda a possibilidade de crear um vasto imperio africano, onde abundam os logares proprios à colonização da nossa raça. e onde os nossos filhos poderão encontrar uma vida farta, que a burocracia indigena, anemica e faminta, nunca lhes poderá offerecer.
   A sua nomeação pelo Collegio Scientifico não tinha oposição, a não ser da imbecil politica progressista, e de algum solitario invejoso, a quem o excesso da propria inveja inutilizava.
    Adeus, meu querido Bernardino e mande sempre o
               seu amigo
                                                          Jose Falcão 






sexta-feira, 21 de julho de 2017



Recordar Mário de Castro  -  4

Título: Entrevista concedida pelo ilustre advogado Dr. Mário de Castro ao "Diário de Lisboa - "Assunto: Panfleto editado pela Comissão Directiva do Porto do MUD transcrevendo entrevista de Mário de Castro ao Diário de Lisboa sobre a situação política em Portugal e o pensamento da oposição. - Data: c. 1945





Francisco Keil do Amaral, Mário de Castro,
Francisco Mendes, Manuel Mendes, Câmara Reys,
Isabel Aboim Inglês, Avelino Cunhal,
Hernâni Cidade, Gustavo Soromenho, entre outros.
1945